28 de outubro de 2008

Tem que ter “bala na agulha” nessa reta final

Na última rodada do Brasileirão foram 3,1 gols por jogo, o que ajudou a melhorar um pouco a baixa média do torneio deste ano. Depois de 31 rodadas, a média subiu para 2,76. Considerando apenas os campeonatos de pontos corridos (começou em 2003) esses números só não são piores que 2006. As defesas brasileiras estão melhores do que em outros anos ou os ataques que não funcionam?
Uma coisa é certa! Atacar nessa reta final pode fazer a diferença. Alguém tem dúvida que o Cruzeiro vai partir para cima do Grêmio? Que o Palmeiras jogando em casa vai pressionar o time do Goiás? Que Vitória e Flamengo têm tudo para fazer um jogo de muitos gols? Ou que o São Paulo, melhor ataque da competição ao lado do Flamengo com 51 gols vai passar em branco diante terceira melhor defesa da competição que é a do Botafogo?
O vídeo produzido pelos editores Cláudio Gomes e Thiago Pinheiro ilustra bem o poder de fogo dos cinco primeiros colocados na tabela de classificação e de gols desse Brasieliro. Não tenham dúvidas que todos eles vão utilizar artilharia pesada para chegar ao título.

video

João Paulo Ribeiro escreve às terças-feiras.

Um comentário:

  1. Fala João Paulo, Pinel e todos do Meio de Campo. Destes cinco o único que eu ponho a mão no fogo que não chega é o Palmeiras.
    Ao Verdão falta justo o que voce disse João, bala na agulha...
    Abraços!

    ResponderExcluir