22 de setembro de 2008

Como a crise política afetou os jogadores do Galo

Existem jogadores de futebol e jogadores de futebol. No Mineirão, depois do jogo entre Atlético e Náutico, duas opiniões de jogadores chamaram minha atenção.

Marques, tradicional e ligado às coisas do Galo, mostrou todo o alívio com o resultado de vitória e da paz que os três pontos trazem à política do clube. Marques, que é um dos maiores artilheiros da história centenária, sabe que o Atlético está mergulhado em mais um conflito político. Ele tem consciência de quanto o momento é decisivo para o futuro próximo do Atlético. As palavras foram poucas, entretanto, fortes e marcantes. O xodó, como ele é conhecido, disse que sabe o que ele representa para o grupo, sabe que acaba blindando os outros jogadores. Consciente! Pena que não tenha a mesma ligeireza nas pernas.

Ligeiro é o Serginho. O atual volante de marcação e saída pela esquerda é conhecido como flecha. Voa com a bola. Fez um golaço contra o Atlético Paranaense, no Mineirão. Se com as pernas ele mostra muita velocidade e algum brilhantismo, na organização das palavras Serginho se mostrou um tanto quanto desatento ou alienado. Perguntado sobre a saída do presidente Ziza Valadares na última semana, Serginho soltou uma pérola: “perdemos um grande profissional, mas, ele vai se dar bem em um outro grande clube.” O jovem jogador nunca deve ter vivido um momento político tão tumultuado, no entanto, esperar ver o presidente Ziza “brilhando” em outro clube...

É certo que a cabeça do Marques deve estar mais quente, ele sabe e bem o que está ocorrendo, já o Serginho deve estar tranqüilo descansando. Dentro de alguns dias ele vai soltar outra pérola e vai acabar perguntando: “Onde está aquele senhor de bigode que vinha sempre aqui?”.

Mário Marra - Comentarista das rádios Globo e CBN

8 comentários:

  1. Rondinelle Lopes22/09/2008 22:22

    Impressionante! Só isso.

    Chega até a ser triste, mas tudo bem, em época de crise muita coisa se releva.

    Ilustre comentário do nosso querido Serginho.

    Pra mim isso é fruto de jogador, que só sabe jogar futebol (isso quando sabe).

    Falta instrução, estudo e por ai vai.

    Aquele tipo que ja vem do vestiário com a resposta pronta independente do que o reporter perguntar. Pelo menos o Serginho não respondeu: "Agora é cabeça erguida e focar no proximo jogo pra conseguir os 3 pontos."

    É informação ta aí. Pega quem quer.

    PS.: Tomara que o ZIZA brilhe em outro clube sim, de preferência do outro lado da lagoa. rsrs

    ResponderExcluir
  2. comentário pertinente... o Serginho é um "verdadeiro jogador de futebol", que não pensa pra falar... parece que coloca viseira e só corre... já o Marques, é o autêntico craque, joga muito, e ainda sabe dar entrevistas sem falar os famosos "chavões da bola".

    Léo TOG

    ResponderExcluir
  3. Isso só mostra que exitem dois tipos de jogadores de futebol.
    O Grupo 1: são aquele atletas que são dedicados ao trabalho dentro e fora de campo, realizando estudos sobre futebol e se informando bastante sobre sua atividade profissional;
    o Grupo 2: são aqueles jogadores que desde criança sonharam em se tornarem jogadores profissionais, mas que sempre acreditaram que para ser jogador profissional não precisava de mais a não ser correr atrás da bola e fazer gols.
    Os dois estilos de jogadores foram apresentado pelo Mario Marra. Marqeus talvez seria do primeiro grupo; já Serginho, como a mairoria colocados no segundo grupo.

    Mas vamos e convenhamos, quantos jogadores do mundo do futebol estariam classificados no Grupo 1 e no Grupo 2?
    Proponho uma pesquisa sobre o tema, mas talvez será desncessária pois sabemos que a maioria estará identificada com o Grupo 2.

    Afinal, como é dito pelos boleiros, "a gente vai ficar" observando a próxima bola fora na hora das entrevistas, e não precisamos esperar muito, só até a próxima rodada dos campeonatos".

    Victor Machado

    ResponderExcluir
  4. Patrícia Horta24/09/2008 14:21

    Puxa Vida!
    Dá pena de ver. Marques é Marques, é xodó e não é por acaso, lutador, respeita o time, entende o que está acontecendo a sua volta e vive o momento do clube como parte dele. O Serginho está "só" alienado.
    Acho até engraçado como dois profissionais podem ser tão diferentes. Ops! Estamos mesmo falando de dois profissionais??

    ResponderExcluir
  5. ronaldo silveira24/09/2008 18:42

    parabéns Mário pelo seu
    comentário.
    concordo com você.
    Ronaldo Silveira (Floresta)

    ResponderExcluir
  6. parabéns pelo comentário Mário.
    concordo com você
    Ronaldo Silveira (Floresta)

    ResponderExcluir
  7. é Mário,concordo com
    você.afeta à todos mesmo,
    jogadores,torcedores,equipe
    de trabalho no clube,familiares...
    Ronaldo Silveira (floresta)

    ResponderExcluir
  8. Por favor, não invertão os valores; ser jogador vem sendo uma maqueação junto aos jovens, onde os mesmos ficam sonhando em ganhar rios de dinheiro, principalmente quando se coloca com tanta enfase na midia nacional.
    Pensem tambem nos seus filhos, incentivem a estudarem para serem alguem na vida, sei que o esporte é importante, mais a cultura tem que se sobrepor a tudo.
    Obrigado

    ResponderExcluir