30 de abril de 2009

Duas derrotas e uma tristeza...

Vitor Ramos abriu o placar. Foto: Eduardo Martins/Agência A Tarde

Quando o atleticano pensa que a situação é ruim, descobre que as coisas podem piorar. Depois de ser goleado na primeira partida da final do Estadual, o time perdeu para o Vitória-BA por 3 a 0, nesta quarta-feira, em Salvador, jogo de ida pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Vamos, então, a algumas considerações.

Quando sofreu o 3º gol, marcado por Neto Baiano, o Galo tinha apenas 10 jogadores em campo – Leandro Almeida era atendido do lado de fora do campo. Independentemente disso, o time estava apagado, jogando mal. E, como no clássico, pecou (e muito) nas jogadas aéreas.

O Atlético ainda não venceu uma equipe da Série A do Campeonato Brasileiro nesta temporada. Jogou três vezes contra a Raposa e perdeu todas (2x4, no Torneio Verão; 1x2, na fase de classificação do Mineiro; e 0x5, no domingo passado), e agora a derrota diante da equipe baiana.

O time mostra-se dependente de Diego Tardelli. Autor de 23 gols no ano, o atacante passou em branco no clássico (verdade seja dita, foi bem marcado) e se machucou logo no começo do jogo contra o rubronegro. Sem ele em campo, ver a rede balançar é quase impossível.

Comemoração do 3º gol. Foto: Eduardo Martins/Agência A Tarde

Há jogadores no elenco que já mostraram que não têm condições de atuar em um time de primeira divisão, como é o caso do Atlético. Lopes, para mim, é a unanimidade entre os torcedores – não serve nem para catar as bolas atrás do gol durante os treinamentos.

Alessandro? Jogou 45 minutos contra o Guaratinguetá-SP, mas mal tocou na bola na vitória por 2 a 0, que garantiu a classificação para esta fase da Copa do Brasil. Ontem, substituiu Tardelli aos 14 minutos do 1º tempo, saiu aos 25 minutos da 2ª etapa. Nada fez. Muita expectativa, pouco futebol.

Na minha opinião, Emerson Leão não é o principal responsável por essas duas derrotas. Tem culpa no cartório, é verdade, mas tem pouca mão-de-obra qualificada. Quando olha para o banco de reservas, imagino o que passa por sua cabeça: “Onde fui amarrar minha égua?”.

Alexandre Kalil, que chamou para si toda a responsabilidade após a goleada no clássico, contratou mal. Mas não se pode cobrar muito do dirigente, que também trabalha no limite por causa dos problemas financeiros do Clube. Precisa agir como um administrador, não como torcedor.

Os maiores culpados são os atletas, que não colocam em prática o que aprendem nos treinamentos. E se nada for feito antes do início do Brasileirão, o torcedor vai descobrir que depois do fundo do poço, ainda tem um porão. Um filme que o atleticano não vai suportar ver novamente. O Atlético está matando sua torcida...

Fábio Pinel é apresentador do programa Meio-de-Campo.

6 comentários:

  1. Olha sou cruzeirense...

    E vou fazer um comentário SENSATO...

    A torcida do cruzeiro pode ser chamada de fresquinha e mimada, mas o NOSSO SEGREDO é ser COPEIRO, é aprender a conviver em cima..

    Nosso time PAGA EM DIA, não desperdiçamos dinheiro e vendemos muito bem.

    O REAL PROBLEMA DO ATLÉTICO, É DIRETORIA...
    o KALIL, como todos já sabem é um tremendo FALASTRÃO, que tem muita lábia e pouca atitude.

    EU TORÇO PELO FUTEBOL MINEIRO.. E QUERO 2 OU 3 CLUBES DE MINAS NA SÉRIE A... mas se continuar assim não é o que vamos ver em novembro...novamente 2005 está para se repetir..

    ResponderExcluir
  2. Faço análises táticas de times brasileiros e europeus. Abraços a todos. http://www.esquemastaticos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Yes, we crew 5
    Yes, we crew 3
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ..só alegrias ..

    ResponderExcluir
  4. Pinel,

    O fato de Atlético ainda não ter vencido uma equipe da Série A do Campeonato Brasileiro nesta temporada, mostra o que as vitórias sobre times pequenos do Campeonato Mineiro escondiam.

    O Atlético de 2009 é melhor do que o de 2008. Mas ainda não está num alto nível.


    Abraço,

    Rafael Igor
    www.passesdeletra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem desta semana: Sim ao futebol-arte!
    Sua visita será um grande prazer para nós.
    Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
    Atenciosamente,
    Sebastião Santos.

    ResponderExcluir
  6. alouk, ainda não entendi qual o lance do YES, WE CREW ! pra mim isso é uma besteirada pura ¬¬'

    ResponderExcluir